E aí jogadores!?

No dia 23 de junho de 1996 o Nintendo 64 era lançado no Japão. O console era a promessa da Big N em revolucionar o mercado de games. E conseguiu, mesmo com as limitações do uso de cartuchos em seus jogos. O que gera logo um impacto é o controle. Parece um tridente gigante, mas mostra conforto e uma pegada excelente para todo tipo de game. Mas, o que é essa alavanca no meio? Pois é. Foi a primeira vez que nos deparamos com os hoje famosos analógicos. Simplesmente era possível mover o personagem em 360º sem perder a ação. Imaginem como foi a experiência inicial com essa tecnologia sendo aplicada genialmente no  mundo 3D do sucesso Super Mario 64! Foi uma bomba no mercado. Para não ficarem para trás, as concorrentes lançaram posteriormente os seus próprios controles com as alavancas analógicas.

E os gráficos? O numeral 64 no nome do console não era à toa. A Nintendo precisava de um hardware superior para aplicar sua criatividade e jogabilidade, bem como para superar os produtos da concorrência. Observou que o público sempre valorizou o poder dos consoles e aproveitou o uso dos chips de 64 bits da Silicon Graphics em sua campanha de marketing.

Os games. Um console não é nada sem games. O que podemos dizer do Nintendo 64? Em sua grande maioria o console foi abastecido por games pela própria Nintendo, pois era mais caro para as desenvolvedoras produzir para o Nintendo 64 do que para o PlayStation ou Saturn devido do formato de cartuchos. Dentre vários games destacamos o aclamado e cultuado The Legend of Zelda: Ocarina of Time. O primeiro título da franquia a entrar para o mundo 3D. O game foi um sucesso estrondoso e é considerado por muitos como o melhor game do século XX. No site Techtudo existe uma lista de top 10 do console.

Publicamos um artigo sobre a “aventura épica” que foi a aquisição e uso do console na época de lançamento por um dos nossos redatores.

Pretendem encarar The Legend of Zelda: Ocarina of Time? Curtam um detonado do canal NoveGames:

Parabéns Nintendo. Continue a nos emocionar.

Escrevam nos comentários, curtam e compartilhem nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Website